Notícias

Classe 2: Vitórias de Richard Heidrich e Alê Souza em Curvelo colocam novos pilotos na briga direta pelo campeonato

15/06/2019

Mesmo com um numero menor de carros, as corridas da Classe 2 não deixaram nada a desejar em relação as provas da Classe 1. Richard Heidrich, Rafael Barranco e Alexandre Souza foram os vencedores pela categoria "A", enquanto a dupla mineira João Neto e Ademar Colen chegou chegando vencendo as quatro corridas da categoria "B".

Dois jovens talentos do Turismo Nacional formaram a primeira fila da Classe 2 em Curvelo/MG na terceira etapa da temporada. Rafael Barranco anotou a pole position e teve o catarinense Richard Heidrich ao seu lado. Ainda na primeira curva, Richard Heidrich superou Barranco e logo se formou um pelotão junto com Alê Souza, Lamartine Pinotti e Fausto de Lucca. Vice-líder, Lamartine deixou a disputa com problemas no VW Gol #92 antes da metade da prova. Heidrich, Barranco e Ale Souza travaram uma bonita disputa pela vitória com Richard levando a melhor no geral e na categoria “A”. Pela categoria “B” a vitória foi do estreante João Neto e o Celta #226, à frente de Edson dos Reis e Rogerio Cruzeiro.

Na inversão de grid a pole position seria de Edson Campana, mas o piloto optou por largar dos boxes. Rogerio Cruzeiro e Edson dos Reis pularam na frente após a largada, mas em uma volta conturbada com diversos toques e acidentes a direção de prova tomou a decisão de acionar o safety-car. O resgate agiu de maneira rápida e na relargada João Neto foi superado por Alexandre Souza e Richard Heidrich. A partir daí Alexandre e Richard passaram a travar uma batalha pela vitória chegando a trocar de posições na última volta duas vezes e recebendo a bandeira quadriculada com uma diferença de apenas 0s038 em favor do paulista Alexandre Souza. Essa foi a primeira vitória dele e do Ford Fiesta #171 da Classe A/Ferrari Motorsport no Turismo Nacional em 2019. Richard Heidrich e Fausto de Lucca completaram os três primeiros na categoria “A”. João Neto repetiu a dose na categoria “B” seguido de Paulo Henrique Costa e Rogério Cruzeiro.

Marcelo Costa largou na pole position da corrida 3, mas acabou superado ao final da primeira volta por Alexandre Souza, Fausto de Lucca e Richard Heidrich. Alê e Fausto abriram uma ligeira vantagem na disputa pela liderança da prova e após 8 voltas, Alexandre Souza venceu mais uma no geral e na categoria “A”, seguido por Fausto de Lucca e Lamartine Pinotti. Na categoria “B”, mais uma vitória do Celta #226 agora com Ademar Colen no comando, a frente de Edson dos Reis e Edson Campana.

Para a quarta e última corrida do fim de semana, o “patrão” Edson dos Reis foi encarregado de largar na pole position com Ademar Colen ao seu lado. João Paulo Naumes largou muito bem e assumiu a liderança da prova, mas carregando 50 kilos a mais que os adversários, teve dificuldades em manter o ritmo e acabou perdendo algumas posições. Rafael Barranco assumiu a liderança e viu Alexandre Souza aumentar o ritmo e diminuir a diferença na disputa pela vitória. Após 8 voltas, Rafael Barranco venceu no geral e na “A” a frente de Alexandre Souza e Fausto de Lucca. Na “2B”, Ademar Colen superou Edson dos Reis na linha de chegada por apenas 0s002, pasmem. Ademar e João Neto “varreram” o fim de semana com pole, 4 vitórias e 4 melhores voltas em Curvelo.

Assim como na Classe 1, a etapa de Curvelo trouxe mudanças significativas para a classificação do campeonato na Classe 2. Na categoria “A”, Rafael Barranco se recuperou de um fim de semana complicado em Guaporé e salta da terceira posição para a liderança da tabela. João Paulo Naumes e Alisson Nurnberg saem de Curvelo na vice-liderança à frente de Lamartine Pinotti. Com os bons resultados na etapa mineira, Alexandre Souza é o quarto colocado e entra na briga pelo título. Richard Heidrich e Fausto de Lucca vem logo atrás do piloto paulista. Todos esses pilotos estão separados por pouco mais de 30 pontos que é muito pouco tendo em visto que ainda estão em jogo 315 pontos. Na categoria “2B”, Edson Campana foi regular e manteve a liderança, mas vê seu xará Edson dos Reis diminuir a diferença na briga pelo caneco.

Pilotos e equipes agora fazem as malas, arrumam suas caixas de ferramentas e carregam os carros com destino ao Centro-Oeste. O Autódromo Ayrton Senna de Goiânia receberá a quarta etapa da temporada 2019 do Turismo Nacional com expectativa de recorde de carros e pilotos participantes. Se ligue em nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do Turismo Nacional BR.

Texto: Felipe Cezar

Fotos: Cleocinei Zonta/Vanderley Soares